São Brás e Santa Escolástica


No mês de fevereiro a história de dois santos nos saltam os olhos: São Brás e Santa Escolástica.

Por: Andréia de Oliveira – Capela São Judas Tadeu.

SÃO BRÁS, celebrado no dia 03, foi um grande médico nascido na cidade de Sebaste, na Armênia, no final do século III. Ele, em sua profissão, não curava somente as doenças físicas de seus pacientes, mas também os males que afligiam suas almas. Acontece que em dado momento de sua vida, começou a questionar sua verdadeira vocação: sentia o chamado de Deus, mas não sabia como servi-lo. Foi então que resolveu retirar-se e, para ficar em constante oração, tornou-se um eremita.

Ainda eremita, muitos o procuravam em busca de curas e a fama de sua santidade se espalhou. Com o falecimento do bispo de Sebaste, a população clamava para que ele se ordenasse sacerdote. Entendendo seu chamado, ele aceitou retornar para estudar e ordenar-se padre em obediência a Deus. Algum tempo depois, tornou-se bispo, construindo a casa que abrigaria a sua Diocese aos pés da gruta em que por muito tempo ele morou.

O imperador do Oriente, Licínio, era perseguidor de cristãos e o prefeito de Sebaste, buscando agradá-lo, ordenou a prisão do então Bispo. São Brás foi chantageado para que renunciasse sua fé e sua Igreja em troca de sua vida, o que foi negado pelo Santo. Ele arguia que nunca deixaria de adorar a Deus e a Jesus Cristo e que a Igreja jamais acabaria pois era guiada pelo Espírito Santo.

“Uma mãe que, ao procurá-lo desesperada com seu filho quase morrendo em virtude de um espinho encravado na garganta, viu seu filho ser curado após São Brás olhar para o céu, rezar e fazer o sinal da cruz na garganta do menino.”

São Brás foi degolado em 3 de fevereiro de 316, tornando-se mártir. É considerado o protetor contra os males da garganta, pois um dos milagres atribuídos à sua intercessão foi o de uma mãe que, ao procurá-lo desesperada com seu filho quase morrendo em virtude de um espinho encravado na garganta, viu seu filho ser curado após São Brás olhar para o céu, rezar e fazer o sinal da cruz na garganta do menino.

Já SANTA ESCOLÁSTICA, recordada no dia 10, é irmã gêmea de São Bento, nascidos no ano de 480, em Núrsia, Itália.

Sua mãe faleceu no parto. Ainda que com a ausência materna, receberam formação sólida na fé cristã, tendo ela consagrado sua castidade antes mesmo de seu discernimento vocacional. Enquanto o fazia, seu irmão fundou o primeiro mosteiro Cristão do Ocidente, a Ordem Beneditina. Inspirada por ele, decidiu procurá-lo e pedir auxílio para fundar o ramo feminino da Ordem. Ele a auxiliou e foi realizada a adaptação da regra beneditina aos modos femininos, surgindo o primeiro mosteiro Cristão feminino do Ocidente, tendo como base a vida em comunidade e o princípio Ora et Labora (oração e trabalho).

“Santa Escolástica pediu para que pudessem conversar mais. São Bento, muito rígido, insistiu que era hora de todos partirem para seus conventos. Vendo o irmão irredutível, ela fez uma prece a Deus, pedindo-Lhe ajuda. De repente uma chuva torrencial e imprevisível caiu impedindo a partida. Era a resposta de Deus ao seu pedido.”

Os irmãos mantinham uma relação profunda, porém, ainda que os mosteiros feminino e masculino fossem próximos, só se encontravam uma vez ao ano, na Páscoa, em respeito às regras de vida que seguiam. Em um destes encontros entre os dois mosteiros, Santa Escolástica pediu para que pudessem conversar mais. São Bento, muito rígido, insistiu que era hora de todos partirem para seus conventos. Vendo o irmão irredutível, ela fez uma prece a Deus, pedindo-Lhe ajuda. De repente uma chuva torrencial e imprevisível caiu impedindo a partida. Era a resposta de Deus ao seu pedido.

Após três dias, São Bento teve a visão de uma pomba subindo aos céus, simbolizando a partida de sua irmã. Ele a levou ao túmulo que havia preparado para si próprio. Quarenta dias após a morte da irmã, São Bento faleceu.

A vida dos irmãos influenciou todo o ocidente cristão, tendo sido criadas muitas outras ordens a partir das criadas por eles.

São Brás e Santa Escolástica, rogai por nós!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: